dentes do siso

Dr. Adriano Carreira - Medicina Dentária

Dentes do siso: Tudo o que precisa de saber

São muitas as questões que se colocam em torno dos dentes do siso. Fizemos um levantamento das dúvidas mais comuns para que possa ficar a saber um pouco mais sobre estes dentes.

 

Para que servem os dentes do siso?

Já foram dentes importantes nos nossos antepassados, quando a base da alimentação era composta por alimentos crus ou muito duros, como raízes ou frutos secos.

Com a mudança dos hábitos alimentares os dentes do siso deixaram de ter utilidade. Com o tempo irão desaparecer.

 

Os dentes do siso nascem de igual forma em todas as pessoas?

Não! Cada caso é um caso e como tal podem haver pessoas a quem nasçam os 4 sisos, alguns ou mesmo nenhum. Há situações em que o dente está formado mas incluso na gengiva, ficando apenas perceptível em radiografias.

 

Os dentes do siso nascem sempre na mesma altura?

Normalmente, é por volta dos 18 anos que nascem os dentes do siso.

 

Porque é que muitas das vezes são dentes que dão problemas?

Quando os dentes do siso nascem já toda a dentição está desenvolvida, logo o espaço disponível para estes dentes crescerem é reduzido, podendo resultar em inflamações, oclusões e desalinhamento dos dentes.

 

Como prevenir inflamações nos dentes do siso?

Como são dentes de difícil acesso, uma boa escovagem dos mesmos fica muitas das vezes comprometida, podendo causar infeção e inflamação dos tecidos circundantes. Caprichar na lavagem e utilizar fio dentário são mais-valias para a prevenção de problemas bucais. É também aconselhável que visite o dentista com regularidade para check-ups de prevenção.

 

A extração é sempre a melhor opção?

Nem todos os dentes do siso dão problemas. E nestes casos, a extração poderá não ser necessária.

No caso de dentes que causam inflamação/dores e/ou desalinhamento, a extração é a melhor opção.

 

O processo de extração é doloroso?

Trata-se de um procedimento no qual o paciente está anestesiado, portanto não sentirá qualquer dor, podendo apenas sentir uma ligeira pressão.

O procedimento poderá ser mais ou menos demorado consoante a posição do dente.

É importante seguir todas as recomendações do dentista para que o processo de cicatrização corra bem.

 

Quais os cuidados pré e pós extração?

• Tomar todos os medicamentos prescritos, normalmente antes e depois da extração.
• Colocar gelo nas 2 a 3 horas após o procedimento.
• Nos dias seguintes à extração deve fazer uma alimentação à base de líquidos (nem muito quentes nem muito frios).
• Não fumar ou beber álcool.

Se tiver alguma dúvida, não hesite em contactar-nos!

Queremos ajudá-lo.

2019 © Adriano Carreira - Medicina Dentária