branqueamento dentário

Dr. Adriano Carreira - Medicina Dentária

Verdades e Mitos Sobre Branqueamento Dentário

São muitos os mitos e os receios que existem sobre o branqueamento dentário. Fizemos um levantamento de algumas verdades e mitos para que possa ficar a saber um pouco mais sobre este tratamento estético.

 

Que tipos de tratamento de branqueamento dentário existem?

Existem dois tipos de tratamento. Um é possível ser feito em casa com recurso a goteiras e gel branqueador. E outro é feito em consultório.

A principal diferença entre ambos é que no tratamento em casa os resultados são graduais e vão intensificando-se progressivamente. E no consultório os resultados são imediatos.

Numa primeira fase deve ser feita uma avaliação clínica e radiológica dentária e periodontal e, só posteriormente, o processo de branqueamento dentário.

 

Todas as pessoas podem fazer um branqueamento dentário?

Mulheres grávidas ou em amamentação, menores de 18 anos, pessoas com sensibilidade dentária muito acentuada, pessoas com cáries e pessoas que estejam a receber tratamento para doenças ou distúrbios graves (Imunodeficiências, SIDA) não podem fazer branqueamento dentário.

 

Quais são os efeitos secundários do branqueamento dentário?

O principal efeito secundário é a ocorrência de sensibilidade dentária durante e após o tratamento a alimentos frios e ácidos. É recomendado a utilização de dentífricos direcionados para a sensibilidade.

 

O branqueamento dura para sempre?

A duração deste tipo de tratamento varia. Depende da higiene oral e dos hábitos alimentares da pessoa.

 

Mitos:

 

O branqueamento dentário enfraquece os dentes?

É mito. A fórmula branqueadora atua apenas no pigmento intrínseco e extrínseco presente nos dentes, daí que a reação química resultante não é abrasiva, nem afeta a estrutura dentária.

 

As pastas branqueadoras de supermercado resultam?

A maioria das pastas de supermercados contêm agentes abrasivos que dão um efeito ilusório de branqueamento, danificando a camada superficial de esmalte existente nos dentes, desgastando-os.

 

Para realizar um branqueamento dentário seguro e de qualidade opte pelo seu médico dentista. Marque a sua consulta, nós somos a solução ideal para resolver o seu problema.

 

2019 © Adriano Carreira - Medicina Dentária